Todos os artigos são redigidos segundo o português escrito em Portugal e não adoptam o novo Acordo Ortográfico.

Sismo forte causou pelo menos 60 feridos em Durres, na Albânia

Abalo terá sido o mais intenso no país nos últimos 30 anos. Não há registo de feridos.

Um sismo de magnitude estimada em 5.6 a 5.8 graus Richter, seguido de outro com intensidade próxima, causou danos na cidade portuária de Durres, na Albânia, e provocou uma onda de pânico na capital Tirana, onde milhares de pessoas fugiram para as ruas.

“Todos os nossos vizinhos saíram aos gritos. Graças a Deus que não durou muito – uns 20 segundos. Foi um pesadelo no 10.º andar. Não me recordo de um mais forte do que este”, disse Agim, de 67 anos, residente em Tirana, à Reuters.

Segundo o Ministério da Defesa albanês, o abalo terá sido o mais forte no país nos últimos 30 anos. Na região de Tirana, 48 casas e três prédios racharam, ainda que de forma pouco danosa. Na região de Durres, 42 casas e quatro prédios ficaram danificados e pelo menos outros 20 edifícios tiveram o mesmo destino noutras localidades próximas. Um prédio de seis andares em Durres ficou fortemente danificado – o tremor de terra provocou a abertura de uma fissura do sexto andar até rés-do-chão​. 

“O mais importante é que não há registo de perdas de vida”, disse Olta Xhacka, ministra da Defesa do país, acrescentando que os poços de petróleo da região também não sofreram danos. 

O epicentro do sismo foi registado a seis quilómetros da cidade costeira de Durre Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS)

Pelo menos 68 pessoas receberam assistência hospitalar em Tirana e há relatos de feridos em Durres. A maior parte ficou ferida ao sair de casa em pânico, mas muitos receberam alta pouco depois. “Há menos pessoas a vir para os hospitais depois da primeira vaga de feridos”, disse Ogerta Manastirliu, ministra da Saúde,​ aos jornalistas na noite deste sábado.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos da América (USGS) afirmou, inicialmente, que o terremoto teve uma magnitude inicial de 5,6, mas o Instituto Albanês de Geociências classificou-o como um 5,8 na escala de Richter. O segundo terramoto, que aconteceu 11 minutos depois, teve uma magnitude de 5,3 graus Richter.

Notícia actualizada às 10h29 do dia 22 de Agosto com o número actualizado de feridos