Todos os artigos são redigidos segundo o português escrito em Portugal e não adoptam o novo Acordo Ortográfico.

Sismo de 6,3 registado na fronteira entre Panamá e Costa Rica

Autoridades no local admitem a possibilidade de feridos e “danos significativos”.

EPA/UNITED STATES GEOLOGICAL SURVEY

Um sismo de magnitude 6,3 na escala de Richter foi registado na fronteira entre o Panamá e a Costa Rica pelas 00h locais (6h em Lisboa) desta quarta-feira. As autoridades admitem a possibilidade de feridos e “danos significativos”, divulgou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS). Já a rede sismológica nacional da Costa Rica eleva a magnitude do sismo para 6,7.

O sistema costa-riquenho de alerta de tsunamis descartou que se pudesse produzir um fenómeno desse tipo. 

O terremoto atingiu uma profundidade de 10 quilómetros, a uma distância de cerca de dois quilómetros da cidade de Progreso, no Panamá, segundo o USGS. Registaram-se várias réplicas, algumas com magnitudes de 4,2 e 4,3, segundo as autoridades locais.

De acordo com o El País, em São José, capital da Costa Rica, o sismo foi sentido com alguma intensidade e provocou quedas de objectos em residências e escritórios. 

O Presidente da Costa Rica, Carlos Alvarado, deu conta de “várias zonas no Sul onde não há electricidade” e diz estar “em coordenação com a Comissão Nacional de Emergências para determinar os danos causados pelo sismo”, escreveu na sua conta do Twitter.