Todos os artigos são redigidos segundo o português escrito em Portugal e não adoptam o novo Acordo Ortográfico.

Indonésia já escolheu local da nova capital: vai ser na ilha de Bornéu

A mudança vai custar 33 mil milhões de dólares e está previsto que os funcionários públicos comecem a mudar-se em 2024.

Widodo quer pôr fim ao excesso de concentração populacional e económica de Jacarta Reuters

O Governo da Indonésia já escolheu a localização da nova capital do país que vai sair de Jacarta, na ilha de Java, para a ilha de Bornéu. Vai ser construída na província de Kalimantan e a mudança vai custar 33 mil milhões de dólares. 

Na semana passada, o Presidente Joko Widodo apresentou ao Parlamento a mudança para esta província rica em floresta tropical e reservas de carvão e onde se encontram os habitats dos orangotangos.

“Sim, vai ser na província de Kalimantan Leste, mas ainda não sabemos exactamente onde”, disse o ministro do Planeamento Territorial, Sofyan Djalil, citado pela Reuters.

O Governo possuiu três mil hectares de terra nesta zona da ilha de Bornéu para a primeira fase do desenvolvimento, acrescentou o ministro. A imprensa indonésia citada pela Reuters diz que Widodo pode escolher a área de Bukit Soeharto ou de Samboja para erguer o novo centro político e administrativo. O chefe da principal agência estatal de planeamento, Bambang Brodjonegoro, disse que a nova capital tem que ser uma cidade portuária.

Para efectuar a mudança vai ser preciso construir infra-estruturas para albergar ministérios e serviços e casas para 1,5 milhões de funcionários públicos que, segundo a agencia estatal de planeamento, devem começar a mudar-se em 2014.