Todos os artigos são redigidos segundo o português escrito em Portugal e não adoptam o novo Acordo Ortográfico.

Explosão no Egipto faz pelo menos 12 feridos

Os turistas seguiam todos num autocarro que passava perto das pirâmides de Gizé, contam as autoridades.

Pirâmides de Gizé Goran Tomasevic (arquivo)

Uma explosão no Egipto, perto das pirâmides de Gizé, atingiu este domingo um autocarro turístico. As autoridades avançaram à Reuters que há pelo menos 12 feridos. Por sua vez, a BBC e a CNN avançam que o número de feridos pode chegar aos 16, citando dados provenientes das forças de segurança egípcias. 

De acordo com informação avançada pela Reuters, a maior parte dos feridos tinha nacionalidade sul-africana. Um carro que seguia atrás do autocarro com os turistas também foi afectado pela explosão, que teve lugar a poucas centenas de metros do Grande Museu Egípcio.

Testemunhas relatam que foi ouvida uma grande explosão e que os vidros do veículo de passageiros ficaram partidos. O ministro das Antiguidades egípcio garantiu à Reuters que não houve danos a registar no museu e que a explosão ocorreu a 50 metros da vedação exterior do edifício. 

Em Dezembro de 2018, uma explosão semelhante vitimou três turistas vietnamitas e um guia turístico egípcio, a cerca de quatro quilómetros das pirâmides de Gizé.