Todos os artigos são redigidos segundo o português escrito em Portugal e não adoptam o novo Acordo Ortográfico.

Rockets sobrevoam Telavive, Israel responde com ataque a Gaza

Sirenes de ataque aéreo soam em Telavive pela primeira vez desde 2014.

Uma bateria do sistema anti-míssil israelita Reuters/AMIR COHEN

As forças armadas israelitas lançaram esta quinta-feira ataques aéreos à cidade de Khan Younis, no sul da Faixa de Gaza, em resposta ao lançamento, na mesma noite, de dois rockets contra Telavive (uma acção que ainda não foi reivindicada e que não causou vítimas).

Num comunicado citado pela Associated Press, as forças israelitas dizem ter atingido “posições terroristas”. A imprensa palestiniana confirma que uma base naval do Hamas foi atacada, mas sem registo de feridos.

Esta foi a primeira vez que Telavive foi alvo de disparos presumivelmente provenientes de Gaza desde 2014, ano do último conflito militar aberto entre Israel e o Hamas. No Twitter foram partilhadas de duas explosões nos céus de Telavive, resultantes da intercepção dos rockets pelo sistema anti-míssil israelita. 

O Hamas emitiu um comunicado em que afirma que “não é responsável pelo lançamento dos disparos de hoje à noite em direcção ao inimigo”, escreve a agência Reuters.