Todos os artigos são redigidos segundo o português escrito em Portugal e não adoptam o novo Acordo Ortográfico.

Com morte de Okawa só existem cinco pessoas vivas nascidas antes de 1900

Mulher japonesa morreu aos 116 anos. Norte-americana Gertrude Weaver é agora a pessoa mais velha do mundo.

Misao Okawa morreu a dias de completar 117 anos. A japonesa, nascida em 1898, era a pessoa mais velha do mundo até quarta-feira. Atribuía a sua longevidade ao facto de “comer coisas deliciosas” e de “dormir bem”. Com a sua morte fica reduzido para cinco o número de pessoas vivas nascidas antes de 1900. O título de pessoa mais velha do mundo é agora da norte-americana Gertrude Weaver.

No século XIX, Misao Okawa nascia numa família de comerciantes de quimonos, os trajes tradicionais japoneses. Casou em 1919 com Yukio e teve três filhos, duas raparigas e um rapaz. Uma das filhas morreu. Entre os seus descendentes existem ainda quatro netos e seis bisnetos.Okawa tinha sido reconhecida em 2013 como a mulher mais velha do mundo pelo Guinness World Records. Estava a quatro dias de completar 117 anos, quando morreu na quarta-feira no lar onde vivia há alguns anos.Segundo o instituto de pesquisa de gerontologia norte-americano, localizado em Los Angeles, com a morte da idosa japonesa desce para cinco o número de pessoas vivas que nasceram antes de 1900 e cujo nascimento está devidamente registado.No site do instituto, com a morte de Okawa, Gertrude Weaver, nascida nos Estados Unidos a 4 de Julho de 1898, é a pessoa mais velha do mundo. Os três lugares que se seguem são também ocupados por mulheres, todas norte-americanas. Jeralean Talley, Susannah Jones e Bernice Madigan nasceram em 1899. No quinto lugar surge a italiana Emma Morano-Martinuzzi, nascida há 115 anos, em Novembro do mesmo ano.Agora no lugar cimeiro da longevidade, Gertrude Weaver, que vive num lar de idosos no Arkansas, acredita que ultrapassou os 100 anos por tratar bem as outras pessoas. “Trato todos da mesma maneira que gosto de ser tratada”, disse Weaver quando no seu último aniversário recebeu um postal do Presidente Barack Obama.O lugar ocupado agora pela norte-americana tem sido atribuído nos últimos anos a japoneses. A longevidade acima dos 100 anos parece ser uma característica cada vez mais comum no Japão, apesar da esperança média de vida no país rondar os 84 anos, uma das mais elevadas do mundo.Dados oficiais indicam que em 2014 havia 67 mil centenários entre os japoneses. Estimativas citadas pelo Financial Times elevam para 700 mil as pessoas com 100 ou mais anos no Japão em 2050.Notícia corrigida às 08h39 de 3 de Abril:

Alterada idade que

 Misao Okawa teria a 5 de Março e número de pessoas actualmente vivas nascidas antes de 1900.