Todos os artigos são redigidos segundo o português escrito em Portugal e não adoptam o novo Acordo Ortográfico.

Para combater a desinformação, os Radiohead começaram uma biblioteca

A Radiohead Public Library é um arquivo gratuito, com vídeos de concertos e telediscos, imagens, gravações raras e todo o tipo de informação relacionada com a banda britânica.

Radiohead em 2012, numa actuação no NOS Alive, na altura Optimus Alive Nuno Ferreira Santos

"A Internet como um todo nunca foi um recurso fiável para informação detalhada ou sequer precisa sobre os Radiohead.” É assim que começa o press release que anuncia a Radiohead Public Library, o arquivo online em que o site Radiohead.com se transformou esta segunda-feira.

A própria vida anterior desse mesmo domínio era, admitem, muito pouco informativa. Este novo arquivo surge por isso para combater “títulos de canções e álbuns desacompanhados de ilustrações detalhadas ou qualquer contexto adicional, vídeos de baixa qualidade precedidos por publicidades e baralhados por algoritmos”.

A recém-criada biblioteca apresenta um mosaico de imagens que dão acesso a telediscos e a outros materiais em vídeo, de concertos integrais a material promocional, passando pelas curtas-metragens do DVD The Most Gigantic Lying Mouth Of All Time (2004), gravações raras, ilustrações, imagens, merchandisingnewsletters e até versões antigas do próprio site, além de todo o tipo de conteúdo relacionado com esta banda britânica que se estreou nos lançamentos em 1992. Tudo dividido por cores alusivas a cada um dos nove álbuns do grupo.

Embora a Radiohead Public Library não seja bem uma biblioteca, há um cartão de utilizador que pode ser impresso. O press release anuncia ainda, apesar de tal não estar muito explícito na organização do site, que cada dia desta primeira semana terá conteúdos curados por um membro diferente da banda.

O primeiro a entrar em cena, na segunda-feira, foi Colin Greenwood, seguindo-se, esta terça, o seu irmão Jonny Greenwood. Seguir-se-ão Ed O'Brien, Philip Selway e, por fim, na sexta-feira, Thom Yorke.